ECONOMIA

Comitiva da Indonésia visita projetos do ProRural no interior de Pernambuco

Do NE10
Do NE10
Publicado em 10/07/2012 às 17:25
NOTÍCIA
Leitura:

Uma comitiva de representantes do Governo da Indonésia viaja por Pernambuco nesta semana para conhecer projetos da Secretaria de Agricultura e Reforma Agrária, executados pelo Programa de Desenvolvimento Rural Sustentável de Pernambuco - ProRural. Eles vão conhecer ações bem sucedidas implantadas pelo Governo do Estado em áreas rurais.

A delegação formada por 10 integrantes de ministérios da Indonésia e representantes do Banco Mundial chega ao Estado nesta terça-feira (10). No período de 11 a 13, a comitiva viaja para as regiões do Agreste e Sertão, especificamente para os municípios de Garanhuns, Paranatama, Águas Belas, Petrolândia e Jatobá, para conhecer experiências de comunidades atendidas pelo ProRural.

No Agreste, a comitiva visitará os municípios de Garanhuns, Paranatama e Águas Belas. Em Garanhuns, na comunidade de Miracica, o grupo realiza conhecerá uma mini indústria de beneficiamento de caju e produção de doces. O investimento foi da ordem de  R$ 172 mil e beneficia 76 famílias da localidade. Em Paranatama a comitiva vai à Associação Comunitária das Mulheres do município, onde um grupo feminino conduz um projeto de caprinocultura. A ação implantada através de convênio com o ProRural,  com financiamento no valor de R$ 150 mil, viabilizou a aquisição de animais, equipamentos e estrutura física. Já em Águas Belas, no Sítio Beldroega, a delegação visita um projeto de bovinocultura, implantado pela Cooperativa Mista dos Agricultores Familiares do Vale do Ipanema – Coopanema com investimentos de R$ 48 mil, atendendo a 20 famílias.

No Sertão de Itaparica, nos municípios de Petrolândia e Jatobá, a comitiva conhecerá duas experiências no ramo da Piscicultura. Em Petrolândia, onde um grupo de 12 famílias desenvolve a criação de peixes em tanques-rede desde 2008, com financiamento de R$ 143 mil destinados à estrutura e aquisição de alevinos. Já no município de Jatobá, 13 famílias de piscicultores conduzem as atividades com financiamento, também do Prorural no valor de R$ 145 mil.

Mais Lidas