Belo Jardim

Polícia já sabe nome e causas que motivaram assassinato do candidato a prefeito de Belo Jardim

Do NE10
Do NE10
Publicado em 11/07/2012 às 17:29
NOTÍCIA
Leitura:

A Polícia está perto de elucidar o assassinato do candidato a prefeito de Belo Jardim, Carlos Gerlan Barros de Melo, ocorrido nessa segunda (9), no município localizado no Agreste. Segundo o coordenador da regional da Polícia Civil no município, Gilberto Meira Lins, a investigação já chegou ao nome do autor do crime e as causas do assassinato.  "Ainda não podemos anunciar o nome nem as causas do crime para não atrapalhar o trabalho", afirma o delegado.

O policial ainda revelou que o assassinato não se trata de um crime político, hipótese que chegou a ser cogitada no decorrer das investigações, já que era a primeira vez que Gerlan era candidato a prefeito.

O acusado pelo assassinato já chegou a fazer contato por telefone com a delegada Luciana Almeida, responsável pelo caso, afirmando que iria se apresentar à polícia, mas não voltou a fazer ligações. Até o final deste semana, os detalhes do crime devem ser anunciados pela polícia.

CRIME – Candidato a prefeito pelo Partido Trabalhista Cristão (PTC), Carlei Gerlan Barros de Melo foi morto na tarde da última segunda, quando havia acabado de estacionar o seu veículo em uma rua do Centro da cidade quando foi atingido por três disparos. Gerlan era casado e deixou três filhos.

Mais Lidas