Manifestação

Movimento sem teto protesta na BR-101, em Escada

Do NE10
Do NE10
Publicado em 12/07/2012 às 7:51
NOTÍCIA
Leitura:

ATUALIZADA ÀS 10H

Um protesto complicou o trânsito na manhã desta quinta-feira (12), a partir do Km 125 da BR-101, nas proximidades do município de Escada, na Zona da Mata pernambucana. Os manifestantes que, de acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), pertencem ao Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST), interditaram os dois sentidos da rodovia queimando objetos.

A manifestação começou por volta das 5h30. Os motoristas que seguiam no sentido Palmares, no entanto, puderam trafegar a partir das 8h. No sentido Recife, a pista só foi reaberta por volta das 10h. Segundo a PRF, o congestionamento chegou a aproximadamente 3 quilômetros.


A causa do protesto foi o mandado de desocupação do Engenho Firmeza, no município, onde vivem cerca de 250 famílias. De acordo com uma das lideranças do movimento, em entrevista à Rádio Jornal, Jeremias Ferreira das Graças, eles têm até o dia 25 para deixar o local, mas não têm para onde ir. Com a manifestação, quiseram chamar a atenção do Governo do Estado e da Prefeitura de Escada para o problema.

O Batalhão de Choque da Polícia Militar chegou a ser chamado para conter o protesto e usou spray de pimenta para dispersar os manifestantes. De acordo com informações da Rádio Jornal, sem conflitos, a mobilização chegou ao fim quase 5 horas depois de começar. Um participante, de nome não informado, chegou a ser detido por desacato, mas foi solto pouco tempo depois.

OLINDA - Outro protesto parou a Avenida Perimetral Norte, em Olinda, no Grande Recife, no início desta manhã. Os manifestantes, contra o alto número de atropelamentos no trecho que fica próximo ao Lixão de Aguazinha, também queimaram objetos, bloqueando o trânsito na via. O Corpo de Bombeiros esteve no local para apagar o fogo.

Mais Lidas