POLÍCIA

Três homicídios são registrados durante o fim de semana em Caruaru

Do NE10
Do NE10
Publicado em 23/07/2012 às 8:55
NOTÍCIA
Leitura:

Três homens foram mortos durante o terceiro fim de semana deste mês de julho, no município de Caruaru, no Agreste de Pernambuco.

Na noite do sábado (21), o ex-presidiário Josivaldo José da Silva, 23 anos, que residia em Toritama, também no Agreste, visitava familiares na vila Canaã, na zona rural de Caruaru, quando ao subir na motocicleta para ir embora, foi abordado por dois homens. Eles pediram para Josivaldo tirar o capacete e quando o viram, disseram que era ele mesmo que estavam procurando e efetuaram vários disparos de arma de fogo contra ele. Os tiros atingiram o rosto, o braço e o tórax de Josivaldo, que morreu no local. A polícia ainda não sabe a motivação nem a autoria do crime. As investigações continuam.

Na madrugada do domingo (22), Eduardo José da Silva, 48 anos, estava em bebedeira no quintal da casa de Jairon Pacheco de Moraes, 36, popularmente conhecido como Baixinho, quando houve um desentendimento entre os dois. Jairon, então, desferiu várias pauladas na cabeça e no tórax de Eduardo. Segundo a polícia, o pai do acusado, Edson Vieira de Moraes, 52, também é suspeito de ter participação no crime. Eduardo José chegou a ser socorrido pelo Corpo de Bombeiros e levado ao Hospital Regional do Agreste, no município, mas não resistiu aos ferimentos e morreu. O corpo dele foi levado ao IML de Caruaru. Jairon foi detido nas proximidades do local do crime e conduzido até a Delegacia Regional de Caruaru.

Poucas horas depois, por volta das 19h desse domingo (22), o servente de pedreiro José Cícero da Silva Lima, 28 anos, estava num barzinho próximo a casa dele, localizado no sítio Campo Novo, na zona rural do município, bebendo com amigos quando Cícero Severino da Silva, 19, chegou ao local e eles começaram a discutir por motivo ainda desconhecido. Então, Cícero Severino ficou pegou uma faca e desferiu quatro golpes em José Cícero. A vítima foi socorrida por familiares, mas não resistiu aos ferimentos e morreu. A polícia foi acionada e deteve Cícero Severino. Ele foi levado para a Delegacia Regional, onde foi autuado em flagrante delito e, em seguida, levado à Penitenciária Juiz Plácido de Souza.

 

Mais Lidas