ECONOMIA

R$ 179 milhões foram gerados no São João do interior de PE

Do NE10
Do NE10
Publicado em 25/07/2012 às 10:43
NOTÍCIA
Leitura:

Cidades do interior de Pernambuco, como Caruaru, Gravatá e Pesqueira, no Agreste, Carpina, na Mata Norte, e Arcoverde e Petrolina, no Sertão, continuam fazendo as maiores festas juninas do Brasil e os números comprovam isso. De acordo com pesquisa realizada pela Empresa de Turismo de Pernambuco (Empetur), neste ano, R$ 179 milhões foram deixados pelos 595 mil visitantes que passaram pelo Estado. Um aumento de 25% em relação a 2011.

A ocupação hoteleira em importantes polos, como Caruaru e Arcoverde, ficaram em 96%. Os dados também apontam que os visitantes gastaram mais do que no ano passado. O gasto médio do turista foi de R$ 109 contra os R$ 88,54 registrados em 2011.

Ainda segundo a pesquisa, 88% dos visitantes avaliaram positivamente os atrativos turísticos e a infraestrutura enquanto 85% aprovaram os festejos juninos das cidades pesquisadas. O que explica porque 94% declararam que recomendariam o São João de Pernambuco para outras pessoas.


A PESQUISA – Levando em consideração os dados coletados em duas sondagens para projetar os números globais, a Pesquisa do Perfil Socioeconômico do Visitante do São João 2012 foi elaborada e aplicada pela Unidade de Gestão da Informação da Empetur em Arcoverde, Petrolina, Caruaru, Gravatá, Pesqueira e Carpina. Nas primeiras quatro cidades, o levantamento foi feito entre os dias 22 e 24 de junho. Nas duas últimas, a pesquisa foi feita nos dias 22 e 23 de junho. Além da pesquisa presencial, a Empetur também fez um levantamento por telefone na rede hoteleira de 21 municípios do Estado nos período de 25 a 28 de junho. A metodologia utilizada é aceita pela Organização Mundial do Turismo (OMT).

Mais Lidas