POLÍCIA

Em São Joaquim do Monte, menina surda-muda acusa vizinho de abuso

Do NE10
Do NE10
Publicado em 26/07/2012 às 10:24
NOTÍCIA
Leitura:

Dois suspeitos de terem estuprado uma garota de 12 anos foram detidos na noite dessa quarta-feira, no município de São Joaquim do Monte, no Agreste de Pernambuco.

Segundo informações da polícia, uma garota de 12 anos, que é surda e muda, foi deixada sozinha pelos pais na casa em que morava, localizada no sítio Guaduz, na zona rural do município, por volta das 13h. Ao retornarem, às 16h, os pais notaram que ela não estava e, juntamente com vizinhos, começaram a procurá-la.  A menina foi encontrada quase duas horas depois, muito nervosa, num matagal nas proximidades do sítio.

Após ser acolhida, a criança contou ao pai através da linguagem de gestos que havia sido amarrada, levada para o matagal por quatro homens, tinha sido abusada e reconhecia um dos criminosos como o vizinho, por causa de uma cicatriz que ele tem na barriga.
Revoltadas com o crime, a população seguro o acusado até a chegada da polícia. Na delegacia, o vizinho confirmou que havia abusado sexualmente da garota com mais três amigos. A polícia realizou rondas e conseguiu deter mais um dos acusados que negou o crime.

Os dois acusados foram levados à Delegacia Regional de Caruaru e permanecem detidos. A polícia aguarda o resultado do exame sexológico feito na garota para tomar as providências cabíveis.

Mais Lidas