CULTURA & LAZER

Palco Giratório 2012 aporta em cidades do interior de PE

Do NE10
Do NE10
Publicado em 06/08/2012 às 12:14
NOTÍCIA
Leitura:

Vários municípios do interior de Pernambuco receberão o Festival Palco Giratório, promovido pelo Serviço Social do Comércio (SESC), que leva ao público uma variada programação de espetáculos. De 6 a 16 de agosto, as cidades de Belo Jardim e Buíque, no Agreste do Estado, e Arcoverde, Bodocó, Araripina e Petrolina, no Sertão, além de São Lourenço da Mata, recebem a terceira etapa do evento.

Nesta etapa, o espetáculo ‘Este Lado Para Cima’, da companhia Brava, que faz parte da circulação nacional do Palco Giratório, fará apresentações nas cidades. Com 1h20 de apresentação, a peça que tem o subtítulo ‘Isto não é um espetáculo’, traz questionamentos do mundo de imagens e aparências que a sociedade se encontra imersa hoje.

A primeira cidade a receber o espetáculo nesta terceira etapa será São Lourenço da Mata nesta segunda-feira (6), na Região Metropolitana. Depois a caravana segue para Belo Jardim (8), Arcoverde (10), Buíque (11), Bodocó (13), Araripina (14) e Petrolina (17). Além da apresentação da peça, em Petrolina haverá oficina de teatro nos dias 15 e 16.


Confira abaixo a programação detalhada das apresentações:

Sesc Ler São Lourenço da Mata
Apresentação: 6 de agosto, às 19h30
Local: Praça Senador Carlos Wilson (praça do canhão) – Centro de São Lourenço da Mata
Informações: (81) 3525-9033
 
Sesc Ler Belo Jardim
Apresentação: 8 de agosto
Informações: (81) 3726-1576
 
Sesc Arcoverde
Apresentação: 10 de agosto
Informações: (87) 3821-0864
 
Sesc Ler Buíque
Apresentação: 11 de agosto
Local: Praça Vigário João Inácio, Centro
Informações: (87) 3855.2230
 
Sesc Ler Bodocó
Apresentação: 13 de agosto
Informações: (87) 3878.1724/1070
 
Sesc Ler Araripina
Apresentação: 14 de agosto
Informações: (87) 3873.2636
 
Sesc Petrolina
Oficina: 15 e 16 de agosto
Apresentação: 17 de agosto, às 16h
Local: Praça Dom Malan
Informações: (87) 3866-7474


O ESPETÁCULO ‘ESTE LADO PARA CIMA’ - Complexo e de interesse público, o espetáculo é encenado na rua ou em espaços alternativos, com muita agilidade e de forma épica, onde abusa do humor e da ironia para desfilar uma série de questionamentos, provocações e críticas ao capitalismo.

Mais Lidas