ECONOMIA

Comércio de Caruaru espera aumento de 10% nas vendas por causa do Dia dos Pais

Do NE10
Do NE10
Publicado em 10/08/2012 às 8:53
NOTÍCIA
Leitura:

Os comerciantes de Caruaru, no Agreste de Pernambuco, estão cheios de expectativas. O motivo é a proximidade do Dia dos Pais que deve garantir boas vendas. Pelo menos é o que apontou uma pesquisa realizada pela Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo de Pernambuco  (Fecomércio), em parceria com o Sindicato dos Lojistas de Caruaru (Sindiloja). A estimativa de crescimento é de quase 10% no faturamento deste ano em relação a 2011. Nos shoppings, o otimismo é ainda maior, mas em todas as áreas pesquisadas esperam-se resultados superiores aos do ano passado.

A pesquisa foi realizada na segunda semana de julho e foram ouvidos em Caruaru 454 consumidores e 297 empresários/gerentes, dos quais 231 do varejo e 66% dos serviços, que neste estudo compreendem restaurantes/pizzarias e bares/lanchonetes. Para mais da metade dos empresários/gerentes as vendas serão maiores do que no Dia dos Pais do ano passado, contra quase 30% que esperam resultados iguais e menos de 20% admitiram queda. Nos serviços a expectativa é menor mais também  positiva, mas os dois apostam em bons resultados na data.

"Este ano duas em cada três pessoas revelaram intenção de comemorar com seus pais, suplantando em cerca de quatro pontos percentuais o resultado de 2011. Além de um número maior de compradores, o valor médio dos presentes deverá crescer de R$103,60 para R$120,88", explica Luiz Kehrle, consultor da Fecomércio.

Os ramos de vestuário, calçados/acessórios, eletroeletrônicos e perfumes/cosméticos devem ser os mais procurados. As compras à vista/dinheiro foi a modalidade de pagamento mais citada por 53% dos entrevistados e as compras com cartões de crédito corresponderam a 37% das respostas.

O Centro de Pesquisa (Cepesq) do Instituto Fecomércio entrevistou um total de 454 consumidores, sendo 44,49% do sexo masculino e 55,51% do sexo feminino, com idade média de 29,5 anos. Cerca de 89% dos entrevistados residem em Caruaru e o percentual restante em outras cidades da região. Uma proporção de quase 80% de todos os entrevistados declararam renda familiar mensal entre 1 e 5 salários mínimos.

Mais Lidas