PARALISAÇÃO

PRF de Petrolina deve aderir à paralisação nacional a partir da segunda

Do NE10
Do NE10
Publicado em 16/08/2012 às 11:45
NOTÍCIA
Leitura:

Agentes da Polícia Rodoviária Federal da delegacia de Petrolina, Sertão de Pernambuco, devem aderir ao movimento nacional de paralisação da categoria, a partir da próxima segunda-feira (20). Na pauta de reivindicações, questões como melhoria salarial e ampliação do efetivo.

“A princípio, a orientação é que possamos efetivar a operação padrão em pontos da cidade, ou seja, a fiscalização será intensificada e minuciosa, o que deve ocasionar maior lentidão do trânsito. Lutamos por melhores condições de trabalho. Temos o mesmo efetivo de 1994, na verdade, um pouco abaixo. Com isso, vários postos no Estado foram fechados. No Brasil hoje temos um aumento da frota de veículos, da malha viária, mas em contrapartida, o número de policiais rodoviários continua praticamente o mesmo, e sem dúvida, isso afeta bastante o nosso trabalho”, enfatiza o policial rodoviário, Guilherme Goes.

“Os serviços serão realizados, agora o que acontece: se houver um acidente sem vítima, não será feito o deslocamento da equipe para esse atendimento. Vamos orientar o cidadão a procurar uma delegacia ou posto da PRF para que seja feito outro documento- a declaração de acidente de trânsito - e não o boletim”, complementa.

Mais Lidas