PE-265

Vítimas levadas a hospital de Sertânia passam bem. Polícia divulga nome dos mortos

Do NE10
Do NE10
Publicado em 25/08/2012 às 10:31 | Atualizado em 31/12/1969 às 21:00
Leitura:

Passam bem quatro das sete vítimas do acidente que resultou na morte de quatro pessoas na PE-265, em Sertânia, Sertão do Estado. Francisco José de Melo, Ailson Aleixo dos Santos, Cícero Damião dos Santos Melo e Udemi Gomes de Melo (irmão de uma das vítimas fatais) foram levados para o Hospital Regional de Sertânia e estão em observação.

Outras três vítimas - Paulo Éden, Augusto Simões e Maria José Macário - foram encaminhadas para o Hospital Memorial de Arcoverde, no Sertão. A mulher, em estado gravíssimo, foi levada ao centro médico para um procedimento de emergência que possibilitasse o seu transporte para o Recife. O vereador e o motorista fizeram exames e já foram liberados.

O acidente aconteceu na noite desta sexta-feira (24) quando uma caminhonete, modelo L200, bateu em um veículo do modelo Caravan com oito ocupantes. Dois passageiros mais o motorista da Caravan - identificados como Paulo Alexandre, Udeni Gomes e Sebastião Severo - morreram. A outra vítima fatal estava na caminhonete. Érica Campos era esposa do vereador de Alagoinha e candidato à reeleição pelo PCdoB Augusto Simões, e filha do presidente da Câmara de Vereadores de Afogados da Ingazeira, Erickson Torres. Augusto e o motorista do casal, que estavam no carro, tiveram ferimentos leves.

Segundo a Polícia de Sertânia, responsável pela ocorrência, os corpos foram encaminhados a um hospital na cidade e liberados. Não foi necessário levá-los ao Instituto de Medicina Legal de Caruaru.

Informações repassadas para a polícia por um dos ocupantes da Caravan dão conta de que o acidente aconteceu depois que o motorista da Caravan perdeu o controle do carro ao bater no meio-fio e rodar na pista, no km 12 da estrada. O veículo teria ficado atravessado na via. Neste momento, a caminhonete do vereador Augusto Simões colidiu violentamente com o automóvel. As autoridades locais relataram que a batida foi tão forte que o carro partiu ao meio.

Populares informaram no local do acidente que a Caravan estava transportando o grupo para um evento político em Sertânia quando o acidente aconteceu.

 


Mais Lidas