Menor

Encontrada adolescente desaparecida em Caruaru

Do NE10
Do NE10
Publicado em 03/09/2012 às 20:51
NOTÍCIA
Leitura:

A adolescente de 13 anos que estava desaparecida desde a última sexta-feira (31) foi localizada no início da noite desta segunda-feira (03). A jovem, que mora no município de Caruaru, no Agreste do Estado, e foi vista pela última vez na rodoviária da cidade, foi encontrada na cidade de Barreiros, na Zona da Mata Sul.

De acordo com informações repassadas pela mãe da garota, ela foi reconhecida por um rapaz que trabalha num transporte de lotação. "Ele viu a foto dela divulgada na imprensa. Após reconhecer minha filha, o rapaz  a levou para sua casa. Seus familiares telefonaram para a delegacia, que entrou com contato com a gente. Meu marido seguiu direto para Barreiros, junto com a equipe do Conselho Tutelar", contou a mãe da adolescente.

LEIA MAIS:
» Polícia investiga o desaparecimento de uma adolescente em Caruaru

O pai da garota chegou em Barreiros por volta das 20h30. "Após encontrar minha filha, ele ligou para mim. Sei que está tudo bem, mas não tive condições de falar com ela e nem saber detalhes sobre o que ocorreu. Ainda estou muito abalada. Estou esperando eles voltarem para saber mais detalhes. O mais importante é que a minha filha está bem", disse a mãe. A jovem e o pai devem chegar em Caruaru ainda na noite desta segunda.

ENTENDA O CASO -  Segundo a polícia, a adolescente teria saído para ir para o colégio na manhã da sexta e não foi mais vista. A mãe dela teria observado que na página dela no Facebook, a garota teria combinado de fazer uma viagem com uma colega ainda na sexta-feira. Ao ser procurada pelos familiares, a colega teria dito que a menina desistiu da viagem quando chegou na rodoviária de Caruaru dizendo que tinha recebido um telefonema importante.

A mãe então tentou ligar para o celular dela por diversas vezes, somente no sábado por volta das 12h a garota teria atendido e teria pedido a mãe que não ligasse mais porque no local onde estava algumas pessoas estavam agredindo e ameaçando ela por causa dos telefonemas.

* Por orientação do Ministério Público, os nomes dos pais e da adolescente, bem como fotografias que foram anteriormente divulgadas pela própria família para ajudar na localização da garota, foram omitidos para preservar a menor.

Mais Lidas