ADIADO

Justiça determina que o evento Jardim Cultura seja suspenso em Belo Jardim

Do NE10
Do NE10
Publicado em 27/09/2012 às 9:06
NOTÍCIA
Leitura:

Uma determinação do juiz Moacir Ribeiro da Silva Júnior suspendeu a realização do evento Jardim Cultural em Belo Jardim, no Agreste de Pernambuco. A determinação, que foi publicada na tarde desta quarta-feira (26), pede a imediata suspensão do evento que aconteceria nos dias 27, 28 e 29 de setembro.

A determinação foi dada depois que o juiz analisou a recomendação da promotora Isabelle Barreto de Almeida que dizia que o efetivo policial para garantir a segurança da população durante o evento não é suficiente, já que os policiais também estarão trabalhando nos eventos eleitorais. Ainda de acordo com o oficio da promotora, na mesma data do Jardim Cultural estão agendadas realizações de eventos das coligações dos candidatos Andréa Mendonça, João Mendonça e do candidato Dr. Maneco.

Ainda de acordo com a determinação do juiz Moacir Ribeiro da Silva Júnior, caso o parecer seja desrespeitado um funcionário da Celpe suspenderá o fornecimento de energia elétrica do local e a Polícia Militar irá apreender os equipamentos sonoros.

Em nota, a Prefeitura de Belo Jardim afirma que lamenta o episódio que causa prejuízos de cerca de 400 mil para a economia do município, devido a enorme quantidade de barraqueiros, artistas e comerciantes que haviam investido para o evento. A nota diz também que o governo municipal recorreu mais uma vez e aguarda a revogação da deliberação  até esta quinta-feira (27).

Ainda segundo a prefeitura, o prefeito em exercício José Ivan Monteiro e a Secretaria de Cultura, Turismo e Paisagismo estudam as alternativas para amenizar os prejuízos e aguardam  pela revogação da decisão.

Mais Lidas