SAÚDE

Aumento de casos de Leishmaniose em Pesqueira chama a atenção da Secretaria de Saúde Estadual

Do NE10
Do NE10
Publicado em 09/11/2012 às 11:47
NOTÍCIA
Leitura:

Agentes da Secretaria de Saúde de Pesqueira e do Estado permanecem na cidade nesta sexta-feira (9) realizando o trabalho de combate a Leishmaniose. O trabalho começou depois da constatação do aumento de casos da doença no município, principalmente em áreas indígenas.

De acordo com a Secretaria de Saúde do município, já foram descartados vários casos suspeitos e estão sendo analisados três casos na Aldeia Santana, dois na Aldeia São José e dez na Aldeia Guarda. Entre os casos em análise, estaria o de uma criança de apenas 11 anos, que não teve o nome divulgado.

Ainda segundo o órgão, as ações de combate e prevenção estão sendo desenvolvidos para exterminar o mosquito transmissor através de borrifação, além disso, estão sendo realizadas coletas de sangue tanto de animais, quanto de indígenas que moram nas áreas atingidas.
Os agentes da Secretaria de Saúde do Estado permanecerão na cidade pelo menos um mês. Durante este período, os agentes também vão realizar a distribuição gratuita de medicamentos.

A leishmaniose é uma zoonose comum ao cão e ao homem. A doença é transmitida ao homem pela picada de mosquitos flebotomíneos. As leishmanias danificam os órgãos ricos em macrófagos, como o baço, o fígado, e a medula óssea.

Mais Lidas