crime eleitoral

PF prende vereadora eleita e mais cinco pessoas na Mata Sul de PE

Do NE10
Do NE10
Publicado em 29/11/2012 às 14:39
NOTÍCIA
Leitura:

A ex-secretária de Educação e vereadora eleita de Joaquim Nabuco, município da Mata Sul pernambucana, Elizabete Malaquias Gomes da Silva foi presa nesta quinta-feira (29) em uma operação realizada pela Polícia Federal. Ela, o marido, Vilmário Malaquias, e outras quatro pessoas - sendo uma mulher e três homens - são acusadas de participar de um forte esquema de corrupção e compra de votos.

As prisões preventivas cumpridas nesta quinta foram expedidas pelo juízo da 111ª Zona Eleitoral de Joaquim Nabuco. As investigações começaram no mês de abril de 2012 a partir do recebimento de uma carta narrando de detalhes como o grupo agia.

Segundo o Ministério Público Eleitoral foi apurado havia um esquema de captação ilícita de eleitores para as eleições municipais de 2012 no município. O esquema consistia em cooptar pessoas sob a promessa de benefícios, doações, oferta e entrega de vantagens em troca de voto.

Para conseguir garantir os votos comprados, o grupo providenciava documentos falsos para alistar e transferir eleitores de forma fraudulenta aumentando o número de eleitores que pudessem votar na candidata.

Além da compra de votos, os envolvidos estão sendo autuados por falsificação de documentos públicos e particulares para fins eleitorais, além de formação de quadrilha. Caso sejam condenados, o grupo poderá pegar penas que ultrapassam os 15 anos de reclusão além de multa.

As mulheres envolvidas no caso serão encaminhadas à Colônia Penal Feminina do Bom Pastor, no bairro do Engenho do Meio, enquanto os homens seguirão para o Centro de Triagem e Observação Professor Everardo Luna (Cotel), em Abreu e Lima.

Mais Lidas