flagrante

Homem é detido em Gravatá por furto de água

Do NE10
Do NE10
Publicado em 21/12/2012 às 19:32
NOTÍCIA
Leitura:

Um agricultor foi detido nesta quinta-feira (21) em Gravatá acusado de fazer uma ligação clandestina à tubulação de água da região. Segundo a Companhia de Esgoto e Saneamento de Pernambuco (Compesa), o crime tinha finalidades comerciais e não de subsistência.

O agricultor foi autuado em flagrante pelo crime de furto e pagou uma fiança no valor de um salário mínimo, equivalente a R$ 622. O homem não tinha nenhum cadastro na Compesa, e por isso não sofreu nenhuma sanção administrativa por parte da empresa.

A ligação clandestina foi feita em uma tubulação de 100 milímetros que passa pelo local. Ainda segundo a Compesa, o desvio pode ter retirado 7 mil metros cúbicos de água da vazão da adutora para ser usada em uma plantação de médio porte de abacaxi. A quantidade poderia atender a cerca de 1.600 pessoas.

A ação faz parte da fiscalização da Compesa junto com as polícias Civil e Militar para combater os desvios de água no Estado, que continuarão em 2013. A intenção é coibir a prática principalmente no Agreste e Sertão de Pernambuco, que sofrem com os efeitos da seca.

Mais Lidas