furto

Água furtada para irrigar gramados e plantações no Agreste de Pernambuco

Do NE10
Do NE10
Publicado em 27/12/2012 às 20:00
NOTÍCIA
Leitura:

A Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) descobriu 17 casos de desvio de água ao longo de 40 quilômetros do trecho sul da Adutora de Jucazinho, que abastece os municípios de Cumaru, Riacho das Almas, Toritama, Caruaru, Bezerros e Passira, no Agreste de Pernambuco.

Cerca de 300 mil pessoas são beneficiadas com o sistema e a fiscalização ocorreu durante dois meses. De acordo com a Compesa, com o corte das ligações clandestinas houve um ganho de 15% na vazão da adutora na região de Caruaru, que concentra a maior população da região.

Segundo o coordenador de Produção de Jucazinho, Clodoaldo Veloso, um haras situado no povoado de Areias, em Bezerros, estava utilizando a água para irrigar um campo gramado destinado para o treinamento de cavalos.

A Compesa deixou claro a todos os propriterários que estavam cometendo irregularidades que, em caso de reincidência, a polícia será acionada e abrirá um inquérito criminal pela prática de furto.

Todas as ligações clandestinas foram removidas e os equipamentos isolados com válvulas e ventosas, inviabilizando que os desvios sejam refeitos.

Mais Lidas