POLÍTICA

Tumulto na sessão dessa terça na Câmara de Vereadores de Caruaru

Do NE10
Do NE10
Publicado em 03/04/2013 às 10:14
NOTÍCIA
Leitura:

A sessão dessa terça-feira (02)  na Câmara de Vereadores de Caruaru, no Agreste de Pernambuco, foi bastante agitada. O motivo foi mais um protesto dos professores municipais, que chegaram até ser restringidos  de permanecer na galeria da Câmara. Os manifestantes são contra o novo Plano de Cargos e Carreiras, sancionado pelo Executivo.

Os professores estavam com cartazes com fotos dos vereadores que votaram a favor do projeto do novo PCC. Os participantes do protesto permaneceram de costas durante os discursos dos parlamentares. A confusão começou quando o presidente da casa, Leonardo Chaves (PSD), resolveu restringir a entrada dos professores na galeria da Câmara. A justificativa do vereador foi que a decisão foi tomada para evitar a superlotação e tumulto no local.

A bancada da oposição ajudou a dar relevância ao protesto quando o vereador Eduardo Cantarelli (PSDB) criticou a decisão do presidente da Câmara dizendo que todos  têm direito a entrar na casa. Quem também criticou a restrição dos professores os vereadores foi o vereador Neto (PMN). Momentos depois, cinco dos sete vereadores da oposição decidiram sair da Câmara de Vereadores em repúdio à decisão de Leonardo Chaves. Veja as imagens da discussão entre os vereadores feitas pela TV Criativa:

Depois da partida dos vereadores da oposição, os manifestantes resolveram ficar do lado de fora.  Ao fim da sessão , os manifestantes ainda esperaram a saída dos parlamentares  e chamaram os vereadores de “ Escravos de Zé”. Esse é o quarto protesto realizado pelos professores na Câmara.

Mais Lidas