Prisão

Servidores de hospital público de Garanhuns são presos por desvio

Do NE10
Do NE10
Publicado em 09/04/2013 às 18:44
NOTÍCIA
Leitura:

O Ministério Público de Pernambuco (MPPE), através do Grupo Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), deflagrou, nesta terça-feira (9), a Operação Pronto Socorro. A ação resultou na prisão de quatro funcionários do Hospital Regional Dom Moura, que fica em Garanhuns, no Agreste pernambucano. Entre os envolvidos está a ex-diretora da unidade, a dentista Maria Emília Pessoa, que esteve à frente da unidade de 2007 até o ano passado. A operação faz parte de uma articulação nacional contra a corrupção.

Em janeiro de 2012, a Secretaria de Saúde do Estado pediu à Polícia Civil a investigação do desvio de R$ 10 mil, que deveriam ser pagos a um fornecedor do hospital. Após a conclusão do inquérito pela Civil, ele foi encaminhado ao MPPE.

Após meses de investigações, o Ministério Público descobriu que os suspeitos teriam desviado R$ 267 mil dos recursos públicos destinados ao hospital. A operação contou com o apoio de cerca de 40 policiais civis e militares, além da Controladoria Geral da União (CGU). Segundo o MPPE, cheques eram desviados e depositados na conta bancária do ex-porteiro da unidade, Marconi Souto Araújo. Ao todo, foram contabilizados 62 cheques.

Além da ex-diretora e do ex-porteiro, foram presos o auxiliar administrativo, Lúcio Ferreira Duarte Neto, e a servidora do departamento financeiro do hospital, Maria Veridiana da Costa Vieira, que é esposa de Marconi Souto.

As duas mulheres passaram mal no momento da prisão e estão hospitalizadas no próprio Dom Moura, sob custódia da polícia. Já os homens já estão recolhidos na cadeia pública de Garanhuns. Os quatro envolvidos tiveram prisão temporária. A juíza da vara criminal, Pollyana Cotrin, concedeu 5 dias que pode ser renovada por mais cinco.

Segundo o procurador-geral da Justiça, Aguinaldo Fenelon de Barros, a fraude foi amadora. “Essa foi a forma mais primária que eu já vi de se roubar”, indignou-se.

HOSPITAL - O Regional Dom Moura é referência para 21 municípios que corresponde a mais de 500 mil habitantes. Na emergência, a unidade hospitalar atende a mais de 13 mil pessoas todos os menses. Já no ambulatório, com 14 especialidades, o hospital realiza 4 mil atendimentos mensais.

Mais Lidas