INVESTIGAÇÃO

Suspeita de sequestrar bebê em Garanhuns vai responder em liberdade

Do NE10
Do NE10
Publicado em 16/04/2013 às 7:57
NOTÍCIA
Leitura:

A polícia continua investigando nesta terça-feira, 16, a mãe do bebê sequestrado na sexta-feira (7) , em Garanhuns, Agreste de Pernambuco. De acordo com informações do delegado responsável pelo caso, algumas pessoas ainda precisam ser ouvidas.

A mulher suspeita de sequestrar a criança, Edvânia Severino da Silva, teve a liberdade provisória concedida na última sexta-feira, 12, e vai responder ao processo em liberdade. Segundo informações do Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE), ela foi liberada por não haver requisitos para o pedido de prisão preventiva. Edvânia é ré-primária, tem bons antecedentes e residência fixa.

ENTENDA O CASO - No sábado (6), Zuleide da Conceição, moradora de Canhotinho, no Agreste, prestou queixa no plantão da delegacia regional de Garanhuns informando que teve o bebê sequestrado. Ela contou que um casal se ofereceu para ajuda-la a conseguir uma licença-maternidade.

O casal teria se hospedado junto com a mãe do bebê em um hotel da cidade e dado alguns remédios, informando que era para ajudar na realização de exames médicos para ter direito ao benefício. A vítima afirmou que, após tomar os remédios, ficou dopada e só acordou no meio da noite, sozinha e sem o bebê.

Edivânia Severino da Silva foi presa na quinta-feira, 11, com a criança na cidade de União dos Palmares, no estado de Alagoas.

Mais Lidas