HEPATITE A

Confirmado surto de Hepatite A em Bodocó

Do NE10
Do NE10
Publicado em 18/04/2013 às 10:35
NOTÍCIA
Leitura:

A Coordenadoria de Epidemias da Secretaria Municipal de Saúde de Bodocó, no Sertão, confirmou a existência de um surto de hepatite “A” no município. A confirmação foi feita pela coordenadora de Epidemias, Lislene Rodrigues, durante uma audiência pública com a presença da população da cidade.

Segundo a Secretaria de Saúde, seis pessoas entre adultos e crianças, já foram infectadas pela doença e outros dez casos suspeitos estão sendo analisados.

A secretaria está fazendo ações no distrito de Feitoria, a 42 km da sede do município, onde os casos foram registrados. Os agentes de endemias estão promovendo ações preventivas e de fiscalização para o controle do surto.

HEPATITE A
A doença é transmitida pela água, por meio de ingestão oral ou por contágio com coliformes fecais. Outra forma de contaminação é pela ingestão de alguns alimentos, como frutos do mar. No caso de Bodocó, uma das hipóteses levantada por moradores da comunidade, é que o surto tenha sido provocado pela falta de higiene e contaminação da água fornecida por uma fonte natural na cidade.

Lislene Rodrigues informou ainda que providências estão sendo tomadas para o combate da doença com um mutirão na comunidade afetada, com palestras preventivas nas escolas, visitas de agentes de saúde nas residências e distribuição de cloro para a população. O produto deve ser aplicado na água.
 
SINTOMAS
Náusea, febre, falta de apetite, fadiga, diarreia e icterícia são os sintomas mais comuns e podem se manifestar durante um mês. Os sintomas também variam de acordo com a idade em que há contato com o VHA. Poucas crianças infectadas apresentam sintomas. Nas pessoas idosas a doença pode tomar formas mais graves.

A doença pode ser confundida com uma gripe porque também provoca febre alta, dores musculares e articulares, dores de cabeça e inflamação dos olhos. No entanto, a pele e os olhos ficam amarelados.

Outros sintomas possíveis também são a falta de apetite, vômitos, febre e mal-estar geral, além de pigmentos na urina, dor na barriga e aumento do volume do fígado.

Mais Lidas