TRAGÉDIA

Disque-denúncia oferece recompensa por informações sobre atirador de Caruaru

Do NE10
Do NE10
Publicado em 16/05/2013 às 10:16
NOTÍCIA
Leitura:

Disque-denúncia oferece R$2 mil para quem puder dar informações que ajudem a desvendar o paradeiro do homem suspeito de assassinar uma costureira, e deixar outras três pessoas feridas em Caruaru, no Agreste de Pernambuco. O crime aconteceu na noite dessa terça-feira, 14, no Loteamento Parques das Cidades, na Casa de Oração Igreja Betel Pentecostal. O local estava cheio no momento em que Vicente Henrique de Andrade, de 50 anos, chegou. Testemunhas contam que o pedreiro teria ingerido bebida alcoólica e ido ao culto com a intenção de matar seus próprios filhos.

Para fornece informações por telefone, basta entrar em contato através do  (81) 3719-4545, no interior do estado, e pelo 3421-9595, na Região Metropolitana do Recife e Zona da Mata Norte. Também é possível denunciar pelo site www.disquedenunciape.com.br, com o envio de fotos e vídeos. O anonimato é garantido.

ENTENDA O CASO - Vicente Henrique de Andrade, de 50 anos, não se conformava que os filhos frequentassem a igreja. Após uma discussão na residência, ele foi armado ao culto. Ao chegar no local, o suspeito efetuou vários disparos na tentativa de acertar os próprios filhos. Vicente não conseguiu atingir nenhum deles, mas acabou matando e ferindo outras pessoas. 

A vítima fatal, Josefa Bezerra da Silva, de 46 anos, que seria sogra do pastor, foi alvejada com um tiro no peito esquerdo. As pessoas que estavam no local ainda tentaram socorrê-la para o Hospital Regional do Agreste (HRA), mas ela não resistiu aos ferimentos e morreu. O corpo da costureira foi sepultado nessa quarta-feira, 15.

As outras três vítimas baleadas foram encaminhadas ao HRA. Nenhum deles corre risco de morte. O suspeito, após praticar o crime, entrou em um matagal próximo da igreja. Os policiais fizeram buscas nas proximidades, mas até o momento não encontraram Vicente. A investigação fica a cargo do delegado Thiago Uchôa.

Mais Lidas