PARALISAÇÃO

Médicos da rede municipal de Caruaru vão paralisar as atividades nesta quarta

Do NE10
Do NE10
Publicado em 28/05/2013 às 10:25
NOTÍCIA
Leitura:

Os atendimentos ambulatoriais nos PSF’s, além dos exames  e das cirurgias eletivas não serão realizados pelos médicos da rede municipal de Caruaru, no Agreste de Pernambuco, nesta quarta-feira (29). O motivo é uma paralisação de 24 horas da categoria.

A decisão de parar as atividades foi tomada na última assembléia realizada na quarta-feira (22). Segundo o Sindicato dos Médicos, o motivo de decidir pela paralisação foi o não atendimento  da pauta de reivindicações da categoria. “ A prefeitura não mandou nenhuma proposta de reajuste salarial e não atendeu nenhuma reivindicação da categoria. Decidimos paralisar as atividades por  24 horas, os atendimentos ambulatoriais, nos PSF’s e cirurgias e exames eletivos. Foi um total descaso com a categoria”, explicou Danilo Souza diretor do Simepe.

Segundo o Simepe, os médicos reclamam de atrasos salariais freqüentes, além disso, afirmam que não têm regularidade no pagamento da gratificação de férias (terço de férias) de vários profissionais. Ainda de acordo com o órgão, a categoria acusa a Secretaria de Saúde de desrespeitar a Lei, com a ausência de pagamento dos adicionais noturnos e de insalubridade e de fazer a remuneração mensal de forma parcelada. Outra reclamação é em relação ao débito do décimo terceiro dos médicos do Samu.

Os médicos afirmam ainda que o trabalho deles está sendo prejudicado por causa da falta de estrutura. Segundo a categoria, os profissionais são prejudicados com as ambulâncias quebradas, precariedade nas estruturas físicas das unidades de saúde, falta de insumos, medicamentos e equipamentos, inclusive de leitos para internamentos.

Sobre a paralisação, a Secretaria de Saúde do município, enviou uma nota dizendo que a secretária Aparecida Souza vai esperar o comunidade oficial do Simepe para se pronunciar sobre a decisão dos médicos.

Mais Lidas