VACINAÇÃO

Dia D contra a poliomielite em Caruaru será neste sábado

Do NE10
Do NE10
Publicado em 05/06/2013 às 11:39
NOTÍCIA
Leitura:

O ministro da Saúde, Alexandre Padilha, lançou nesta terça-feira (4) a 34ª Campanha Nacional de vacinação contra a poliomielite, em Brasília. A campanha é realizada pelo Ministério da Saúde em parceria com as secretarias estaduais e municipais, no período de 8 a 21 de junho, e abrange todos os estados do país e o Distrito Federal.  Em Caruaru o “Dia D” será neste sábado (8).

O objetivo é imunizar crianças de seis meses até cinco anos, inclusive aquelas que já receberam doses do antígeno anteriormente. A poliomielite, também conhecida como paralisia infantil quando ataca crianças. A doença pode ser moderada ou severa. Nos casos mais graves a poliomielite pode levar à paralisia e morte.

Pessoas de todas as idades podem contrair poliomielite, embora crianças pequenas sejam mais frequentemente afetadas (paralisia infantil).
 

A doença não se espalha facilmente em comunidades com altas taxas de vacinação. Quando o poliovírus se espalha isso geralmente acontece dentro do lar. O vírus pode se propagar através de contato com objetos, privadas ou mãos. Em pessoas não vacinadas também é possível que o vírus da poliomielite se espalhe através de secreções respiratórias.


A doença

Poliomielite, ou paralisia infantil, é uma doença contagiosa aguda causada pelo poliovírus (sorotipos 1, 2, 3), que pode infectar crianças e adultos por via fecal-oral (através do contato direto com as fezes ou com secreções expelidas pela boca das pessoas infectadas) e provocar ou não paralisia.

A multiplicação desse vírus começa na garganta ou nos intestinos, locais por onde a doença penetra no organismo. Sendo assim alcança a corrente sanguínea e pode atingir o cérebro. quando a infecção ataca o sistema nervoso, destrói os neurônios motores e provoca paralisia flácida em um dos membros inferiores. A doença pode ser mortal, se forem infectadas as células dos centros nervosos que controlam os músculos respiratórios e da deglutição.

A poliomielite foi praticamente erradicada nas áreas desenvolvidas do mundo com a vacinação sistemática das crianças e no Brasil há 24 anos não é registrado casos da doença, mas o vírus ainda está ativo em alguns países da África e da Ásia. Para evitar que seja reintroduzida nas regiões que não registram mais casos da doença, as campanhas de imunização devem ser repetidas todos os anos.

Sintomas

O período de incubação varia de 5 a 35 dias, com mais frequência entre 7 e 14 dias. Na maioria dos casos, a infecção pelo vírus da poliomielite pode ser assintomática. Isso não impede sua transmissão, pois é eliminado pelas fezes e pode contaminar a água e os alimentos. Quando se manifestam, os sintomas variam de acordo com a gravidade da infecção, algumas vezes o vírus pode causar sintomas parecidos com os da gripe por alguns dias ou uma combinação de febre, mal-estar, sonolência, dor de cabeça, dor muscular, náusea, vômito, diarréia ou constipação, e dor de garganta.

Mais Lidas