fenômeno

Riacho das Almas é uma região propensa a chuvas de granizo, afirma Apac

Do NE10
Do NE10
Publicado em 06/11/2013 às 0:01
NOTÍCIA
Leitura:

A Agência Pernambucana de Águas e Climas (Apac) está monitorando as condições climáticas do Agreste do Estado, devido à chuva de granizo que ocorreu no último domingo (3), na cidade de Riacho das Almas. De acordo com o órgão, a região é propensa a esses acontecimentos pela grande umidade e baixa temperatura. Cerca de 20 mil moradores presenciaram a chuva que teve duração de dez minutos.

De acordo com o meteorologista da Apac Fabiano Prestrelo Oliveira, a chuva de granizo foi resultado do deslocamento do fenômeno vórtice ciclônico de altos níveis que estava na litoral da Bahia e se expandiu para a direção norte atingindo Pernambuco, Paraíba e Rio Grande do Norte.

“Já estávamos monitorando o vórtice e acompanhando o seu deslocamento. A forte chuva já era prevista, mas não a queda de granizo”, relatou o meteorologista, acrescentando que esse foi o primeiro fenômeno que a Apac registrou no Estado, desde a sua criação, um pouco mais de dois anos.

 

Mais Lidas