AGRESTE

Após sequestro, filha de empresário alagoano é encontrada morta em Cachoeirinha

Do NE10
Do NE10
Publicado em 22/11/2013 às 7:57
NOTÍCIA
Leitura:

Atualizado às 8h11

Uma estudante de 20 anos foi encontrada morta com um tiro na cabeça na noite dessa quinta-feira (21) em Cachoeirinha, no Agreste de Pernambuco. De acordo com a polícia, a jovem, que morava em Arapiraca (AL), era filha do empresário alagoano dono de uma rede de motéis, José Cícero Canuto, e sobrinha da secretária de Cultura de Palmeira dos Índios (AL), Édila Canuto.

Segundo informações da polícia, a vítima, Camila Silva Canuto, havia sido sequestrada ainda na manhã dessa quinta-feira, quando saiu de casa para o trabalho. Após um chamado anônimo, policiais militares de Cachoeirinha se deslocaram até o sítio Ubáia, na zona rural do município, localidade onde encontraram o corpo da jovem em uma estrada vicinal.

Até a manhã desta sexta-feira (22), a autoria e a motivação do crime ainda não foram identificadas, mas segundo a Polícia Civil de Cachoeirinha, a principal linha de investigação é que o ex-marido de Camila tenha envolvimento com o homicídio.

O corpo da vítima foi encaminhado ao Instituto de Medicina Legal (IML), em Caruaru, ainda no Agreste. O mesmo foi liberado às 2h da manhã desta sexta-feira e já foi levado a Arapiraca.

 

 

Mais Lidas