justiça

Unidade regional do TJPE será instalada em Caruaru

Do NE10 Interior
Do NE10 Interior
Publicado em 28/05/2014 às 14:08
NOTÍCIA
Leitura:

Durante evento realizado pela Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), em Caruaru, no Agreste do Estado, nessa terça-feira (27), no Fórum Juiz Demóstenes Batista Veras, o presidente do Tribunal da Justiça de Pernambuco (TJPE), o desembargador Frederico Ricardo de Almeida Neves, anunciou a instalação das Câmaras Regionais que possibilitarão uma extensão do Tribunal na Capital do Agreste.

A palestra realizada para um público de mais de 200 juízes, advogados e estudantes de direito tratou sobre a “Interiorização do Tribunal de Justiça do Estado de Pernambuco: Instalação de Câmaras Regionais”, que informou sobre as novas ações do poder judiciário que inclui reforma em fóruns no interior pernambucano, nomeação de novos 70 magistrados, expansão do processo jurídico eletrônico e a descentralização do segundo grau de jurisdição.

“Em 192 anos do TJPE prestamos serviço em um palácio na capital do estado, mas é preciso estar perto do cidadão por isso uma das principais iniciativas, “a nossa menina dos olhos”, é a regionalização do TJPE através da instalação das Câmaras Regionais”, disse o Desembargador.

Para o presidente da OAB/Caruaru, Dr. Almério Abílio, a interiorização do TJPE representa um marco para a área jurídica em Caruaru. “É uma iniciativa inédita que deverá beneficiar nós advogados do interior e principalmente a população que ganhará uma maior agilidade na resolução dos problemas na justiça”.

Segundo o presidente do TJPE, a instalação das Câmaras Regionais irá beneficiar pelo menos 4 milhões de pessoas, o que equivale a 43% da população de Pernambuco, sendo 2,3 milhões no Agreste e 1,7 milhão no Sertão pernambucano. “A Proposta é que essas Câmaras também possam funcionar como um tribunal itinerante facilitando a vida de magistrados de comarcas vizinhas a Caruaru”, completou.

A instalação das Câmaras deve ocorrer nos próximos seis meses, prazo estimado pelo juiz da 3ª Vara Criminal da Comarca de Caruaru, Gleydson Gleber para questões estruturais. “Encontramos algumas opções de imóveis, mas até passar por adaptações e reformas na estrutura física levará esse tempo”.

Mais Lidas