Imagens

Caruaruense ganha ouro internacional em fotografia

André Luiz Melo
André Luiz Melo
Publicado em 27/08/2014 às 0:13
NOTÍCIA
Leitura:

Trabalho teve finalidade de vender a imagem do elenco masculino de uma agência de modelos
Foto: Jackson Carvalho
Com abordagem versátil em relação à fotografia, uma das produções do fotógrafo Jackson Carvalho ganhou a medalha de ouro no Trierenberg Super Circuit 2014, o maior salão anuário de fotografia do mundo, cuja premiação vai acontecer no Design Center na cidade de Linz, na Aústria, em 13 de outubro deste ano. O ouro é o primeiro em uma série de outras três medalhas de bronze em competições internacionais recebidas pelo caruaruense que é formado em marketing com especialização no International Center of Photography, em Nova Iorque, nos Estado Unidos.

Demonstrando potencial para o segmento desde cedo, Carvalho iniciou carreira ainda quando criança. À época, com equipamentos não tão modernos quanto os que o mercado disponibiliza hoje, ele conseguiu trilhar rumo ao profissionalismo. Comecei ainda na infância a fotografar, quando ganhei de uma Câmera Xereta [Kodak] descartável, presenteada por minha tia Diva. Por muito tempo fui amador, hobbysta da fotografia, até que em 2005 resolvi iniciar o processo de profissionalização, que culminou no final de 2009 com a fundação do Arte Digital Studio, focado em produção de fotografia de moda e publicitária, conta.



Questionado sobre o estilo próprio de fotografar, Carvalho o expressa como um ato natural, cujo impulso está em seu interior e na observação. O que mais gosto de fotografar é a minha emoção. A emoção que um momento me faz perceber algo a outros imperceptível. Aquilo que está diante de todos, mas que olhado sensivelmente de maneira diferente possa ser bom para mim e para as pessoas. Que consiga silenciosamente falar e expressar esta emoção que é minha, mas também que é inteiramente por mim compartilhada através da porta da emoção de todos nós: o olhar, argumenta.

Este ano, uma das fotografias do editorial 'Angelus Dominus' (do latim O Anjo do Senhor) ganhou medalha de ouro no Trierenberg Super Circuit 2014. A foto, que saiu vencedora na categoria 'Opposites & Contrates' (Opostos e Contrastes), foi produzida em estúdio em Caruaru com uma câmera Hasselblad H4D-40 e iluminação Profoto. O trabalho foi criado com a finalidade de vender a imagem do elenco masculino de uma agência de modelos. Na produção, Carvalho explorou as possibilidades de expressão corporal dos modelos, por meio de construções e propostas visuais inusitadas e de alto impacto.

Outra conquista se deu no prêmio One Eyland Awards 2013, em que o fotógrafo caruaruense, que já teve o privilégio de passar por experiências com fotógrafos renomados como Vitor Shalom, Danilo Russo, Settimio Benneducci e C. Steven Hurst, emplacou duas medalhas de bronze e ainda teve 11 fotografias finalistas e certificadas. Outro bronze também foi conquistado no concurso 'Into the Wild' (Na Natureza Selvagem ou O Lado Selvagem) realizado pela Pentamprism Magazine. A premiação veio através de uma imagem da Savana africana, fotografada na África do Sul, em 2010.

Carvalho, que planeja montar, em breve, duas exposições fotográficas e também retornar ao continente africano, define os prêmios já adquiridos como sendo um divisor de águas em sua trajetória. Para a minha carreira é um marco importante, pelo fato de premiações como estas respaldarem e certificarem, do ponto de vista de direção, que o meu olhar e a minha técnica fotográfica, no imenso caminho do aprendizado, estão no rumo certo. Além disso, são essas premiações que estimulam, motivam e nos projetam como profissionais. E completa: é uma conquista que remunera a alma.

Mais Lidas