Nenhum preso

Polícia divulga imagens de assalto a agência dos Correios em Arcoverde

Núcleo SJCC/Caruaru
Núcleo SJCC/Caruaru
Publicado em 01/10/2014 às 8:30
NOTÍCIA
Leitura:

Suspeito rendeu funcionários e tomou arma de vigilante, diz PF
Foto: Divulgação/Polícia Federal.
A Polícia Federal divulgou na manhã desta quarta-feira (1º) as imagens de um assalto ocorrido na agência dos Correios de Arcoverde, no Sertão de Pernambuco, no dia 5 de agosto. Nas fotos, é possível ver um dos suspeitos armado e rendendo os funcionários. Ele toma a arma do vigilante e retira as munições. Após isso, espera o cofre abrir e rouba todo o dinheiro da agência. A PF não divulgou a quantia que foi roubada.

Em nota, a polícia informou que a ação dentro da agência durou aproximadamente 18 minutos e contou com bandidos extremamente profissionais, possivelmente de outro estado, os quais fizeram um acompanhamento diário de todos os funcionários (cerca de seis), sabendo inclusive onde todos moravam, tendo o assaltante que estava no interior da agência em ação ousada, sequer teve receio em esconder o rosto no intuito de não ser filmado pelas câmeras de circuito interno. Ao entrar na agência informou para os funcionários feito reféns, que todos deveriam colaborar com ele em razão de seu comparsa estar com uma suposta funcionária do lado de fora sob seu poder e qualquer ato impensado por parte deles poderia prejudicá-la colocando em risco sua vida.

Suspeito entrou pela porta giratória e anunciou assalto
Foto:Divulgação/Polícia Federal.
Ainda segundo a nota, durante a ação, o bandido acalmou as vítimas e disse que não iria machucar ninguém. Após ter esperado o tempo de abertura do dispositivo de retardo do cofre no horário programado, retirou os valores existentes, saiu pela porta da frente como se nada tivesse acontecido e empreendeu fuga juntamente com o seu comparsa que estava do lado de fora, após liberar a pessoa que estava em poder.

A PF informou ainda que a agência possui porta detectora de metais, possui vigilante, anteparo blindado, sistema de retardo no cofre e câmeras de circuito interno. As investigações vão prosseguir, no sentido de identificar, localizar e prender todos os integrantes deste bando armado. Caso sejam presos serão autuados pela prática de roubo com emprego de arma de fogo com pena de 4 a 10 anos de reclusão.

Mais Lidas