Funase

Recapturados 25 dos 31 fugitivos do Case de Pacas, em Vitória de Santo Antão

Ana Maria Santiago de Miranda
Ana Maria Santiago de Miranda
Publicado em 27/12/2014 às 10:16
NOTÍCIA
Leitura:

Case de Pacas foi inaugurado em novembro de 2013 pelo Governo do Estado
Foto: divulgação/ Funase
Dos 31 jovens fugitivos da unidade de ressocialização da Fundação de Atendimento Socioeducativo (Funase) de Pacas, no distrito de Vitória de Santo Antão, Zona da Mata Sul pernambucana, 25 foram recapturados até a manhã deste sábado (27).

O grupo de reeducandos fugiu no início da tarde dessa sexta-feira (26). Ainda à noite, 18 já haviam sido apreendidos novamente. Durante a madrugada, outros sete também foram recapturados. Seis continuam foragidos.

De acordo com a comunicação da Funase, as buscas pelos jovens ainda foragidos continuam nesta manhã.

Dois adolescentes ficaram feridos na recaptura e foram levados para o Hospital João Murilo, na mesma cidade. Um dos adolescentes recebeu alta e o outro segue internado, mas sem risco de morte.

Após o ocorrido, o diretor da unidade e todos os agentes que faltaram ao serviço já foram afastados de suas funções. A determinação é do Secretário da Criança e da Juventude, Pedro Eurico, e foi informada através de
nota oficial. A Corregedoria da Funase abrirá uma sindicância para investigar o caso.?

CASE DE PACAS - A unidade de Pacas foi inaugurada em novembro de 2013, com capacidade para 72 jovens do sexo masculino, com idades entre 15 e 17 anos. Atualmente a casa abriga 52 garotos, oriundos dos Centros de Atendimento Socioeducativo (Cases) de Abreu e Lima e Cabo de Santo Agostinho, na Grande Recife, considerados os mais superlotados do Estado.

O Governo do Estado e a Secretaria da Criança e da Juventude investiram R$ 13.759.773,85 na unidade, que totaliza uma área de mais de 26 mil metros quadrados.

Mais Lidas