Agreste

Hospital é interditado em Belo Jardim pelo Cremepe

Ana Maria Santiago de Miranda
Ana Maria Santiago de Miranda
Publicado em 12/01/2015 às 20:52
NOTÍCIA
Leitura:

Interdição é por tempo indeterminado
Foto: divulgação

O Hospital Regional Júlio Alves de Lira, em Belo Jardim, no Agreste do Estado, foi interditado na tarde desta segunda-feira (12). A interdição ética e sanitária foram realizadas pelo Conselho Regional de Medicina de Pernambuco (Cremepe), Ministério Público do Estado (MPPE), Agência Pernambucana de Vigilância Sanitária (Apevisa) e o Corpo de Bombeiros. 

A interdição é por tempo indeterminado conforme a resolução Cremepe Nº1/2015, publicada no Diário Oficial do dia 9 de janeiro. No momento da ação de interdição, haviam somente quatro pacientes na unidade. Duas mulheres com quadro infeccioso em cirurgia, que serão transferidas para o hospital que as operou em em Vitória de Santo Antão e dois homens que receberam alta médica. 

Após a ação, houve audiência no Ministério Público de Pernambuco (MPPE) para proceder as deliberações sobre o hospital. A promotora do caso, Ana Clézia Nunes, determinou ao representante do setor de regulação da Secretaria Estadual de Saúde (SES) o acompanhamento dos processos de transferência.

Uma nova fiscalização será feita na na Policlínica Professor Ulisses Lima, também em Belo Jardim, nesta sexta-feira (16), informou o Cremepe.

Mais Lidas