MPPE cobra medidas

Mais de 800 pessoas esperam por exames em hospitais de Caruaru

Núcleo SJCC/Caruaru
Núcleo SJCC/Caruaru
Publicado em 05/03/2015 às 10:15
NOTÍCIA
Leitura:

MPPE cobra agilidade de realização de exames em hospitais da cidade.
Foto: Reprodução/TV Jornal
O Ministério Público de Pernambuco (MPPE) apresentou uma pauta com 15 reivindicações pedindo o monitoramento permanente do sistema de saúde em Caruaru, no Agreste de Pernambuco. A medida busca agilizar o atendimento das listas de espera de exames nos hospitais da cidade. A Secretaria Estadual de Sáude tem um prazo de 30 dias para apresentar possíveis soluções.

Entre as principais demandas apresentadas pelo promotor de Justiça Paulo Augusto Oliveira, da 4ª Promotoria de Justiça de Defesa da Cidadania de Caruaru, estão a entrega de um plano de ação para diminuir as longas filas de espera registradas nos hospitais Regional do Agreste (HRA) e Mestre Vitalino (HMV). De acordo com a assessoria de imprensa do MPPE, são mais de 800 pacientes aguardando a realização de exames de tomografia computadorizada, ressonância magnética e cintilografia óssea e procedimentos de especialidades oftalmológicas.

O MPPE afirma ainda que 255 crianças estão na lista de espera para a realização de cirurgias pediátricas de média e alta complexidade. Sobre as listas de espera, o promotor de Justiça ressalta que a demanda está em discussão com a secretaria há dois anos, período no qual alguns avanços foram obtidos. No entanto, a busca por um diálogo transparente e construtivo continua, pois é necessário normalizar o processo de marcação de consultas, com a contratação de novos médicos e instauração de planos de ação, no intuito de suprir a grande demanda, explica. Uma nova reunião deve ser realizada no dia 9 de abril.

Mais Lidas