Investigação

Advogado é preso suspeito de envolvimento na chacina de Poção

Núcleo SJCC/Caruaru
Núcleo SJCC/Caruaru
Publicado em 13/04/2015 às 11:32
NOTÍCIA
Leitura:

Um advogado foi preso suspeito de envolvimento na morte de três conselheiros tutelares e uma idosa em Poção, no Agreste de Pernambuco, no dia 6 de fevereiro. Ele foi localizado pela Polícia Civil no sábado (11) em Arcoverde, no Sertão. O suspeito foi preso após a expedição de um mandado de prisão.

De acordo com a assessoria de imprensa da Polícia Civil, uma coletiva, que ainda não tem data nem local definidos, será realizada na próxima semana para explicar todo o caso. Os suspeitos de serem mandantes dos crimes já estão presos, além de um possível executor. Bernadete de Lourdes Britto Siqueira Rocha, 52 anos, e seu filho José Cláudio de Britto Siqueira Filho, 32 anos,  são naturais de Arcoverde e seriam avó e pai de uma criança que foi resgatada pelo Conselho Tutelar, horas antes da chacina.

ENTENDA - O crime aconteceu quando os conselheiros - Lindenberg Vasconcelos,  Daniel Farias e Carmem Lúcia da Silva - foram pegar uma criança que vivia com o pai, que perdeu a guarda da filha para a avó materna da criança, Ana Rita Venâncio. Quando os conselheiros, a avó e a criança estavam no carro do Conselho Tutelar o veículo foi emboscado e alvejado. A criança, de dois anos,também estava no carro e não se feriu.


Mais Lidas