Chã Grande

Suspeitos de matar policial em ônibus morrem durante troca de tiros

Núcleo SJCC/Caruaru
Núcleo SJCC/Caruaru
Publicado em 18/06/2015 às 7:55
NOTÍCIA
Leitura:

Imagens do circuito interno mostram ação dos bandidos.
Foto: Reprodução/TV Jornal.
Dois suspeitos de assassinar um sargento da Polícia Militar dentro de um ônibus morreram durante troca de tiros com policiais nessa quarta-feira (17) em Chã Grande, no Agreste de Pernambuco. De acordo a polícia, Mário Cavalcante Santana, de 44 anos, foi atingido por vários disparos e morreu no local. José Carlos da Silva Júnior foi baleado e conseguiu fugir. O corpo dele foi encontrado na manhã desta quinta-feira (18). 

Armas foram apreendidas com suspeitos
Foto: Divulgação/PM.
Outro suspeito, identificado como Reginaldo João Romero Barbosa, de 26 anos, foi detido.A polícia informou que três armas foram apreendidas com os suspeitos, entre elas, a pistola que seria de uso do sargento morto no assalto na BR-232 em Bezerros, também no Agreste. 


O corpo do sargento Romildo Paz Lindoso está sendo velado em Gravatá, na mesma região. O horário do sepultamento e o cemitério ainda não foram informados.

Sargento trabalhava no 4º BPM em Caruaru
Foto: Divulgação/PM.
ENTENDA - Romildo, que tinha 44 anos, foi assassinado a tiros dentro de um ônibus que fazia a linha Caruaru/Recife nessa quarta na BR-232, em Bezerros. Segundo a polícia, três bandidos teriam embarcado no coletivo e anunciado o assalto. Um dos suspeitos ficou perto do motorista e os outros começaram a recolher objetos dos passageiros.

O sargento teria reagido ao assalto e entrado em luta corporal com o suspeito que estava recolhendo os objetos. O outro bandido, que estava perto do motorista, se aproximou do policial e atirou. Romildo ainda feriu um dos dois suspeitos, que desembarcaram do veículo no Distrito de Insurreição.

Ainda segundo a polícia, o condutor do ônibus acionou à polícia e conduziu o veículo até o terminal rodoviário de Gravatá. Romildo Paz Lindoso era lotado no 4º Batalhão de Polícia Militar (BPM) em Caruaru, na mesma região, e estava à paisana.

Mais Lidas