Um mês após crime

“Sinto o impacto das balas”, diz mãe de manicure morta em Caruaru

Núcleo SJCC/Caruaru
Núcleo SJCC/Caruaru
Publicado em 30/09/2015 às 14:13
NOTÍCIA
Leitura:

Manicure foi morta dentro do próprio salão em agosto
Foto: Reprodução/TV Jornal.
A morta da manicure Maria Adriane Lima da Silva, de 28 anos, completou um mês esta semana. A Polícia Civil confirmou que ela foi assassinada após uma briga entre o marido dela e um detento dentro da Penitenciária Juiz Plácido de Souza em Caruaru, no Agreste. Por vingança, Rozivaldo dos Santos Martins, de 33 anos, mandou matar a manicure.

A mãe da manicure Salomé de Lima concedeu uma entrevista ao TV Jornal Meio-Dia e contou como tem sido a vida dela após a morte da filha. Sinto o impacto das balas como se fossem em mim. Ele não matou só minha filha.A família está quase destruída. Veja a reportagem exibida pela TV Jornal no interior. 

Mais Lidas