Erro de prazo

Justiça revoga mandado de prisão e vereador Val é solto em Caruaru

Núcleo SJCC/Caruaru
Núcleo SJCC/Caruaru
Publicado em 02/10/2015 às 7:54
NOTÍCIA
Leitura:

Vereador permaneceu preso por duas horas na delegacia
Foto: Reprodução.
A Justiça revogou o mandado de prisão em desfavor do vereador Val de Cachoeira Seca (DEM) e ele foi solto após passar duas horas preso na Delegacia Regional de Caruaru, no Agreste de Pernambuco. A medida foi definida após os advogados do parlamentar, que está afastado das funções, provarem que inpretaram o pedido de permanência em liberdade no prazo dado pela Justiça.

De acordo com o assessor do Fórum Juiz Demóstenes Veras, Bruno Chagas, houve um erro de datas em relação ao prazo estabelecimento pela 4ª Vara Criminal para os advogados de Val. O vereador, que realizou exames no Instituto de Medicina Legal (IML) e seria encaminhado ao Centro de Ressocialização do Agreste (CRA), foi liberado.

ENTENDA O parlamentar Val de Cachoeira Seca foi condenado em junho deste ano no processo instaurado após a Operação Ponto Final II. O vereador foi condenando a 7 anos e nove meses de prisão em regime semiaberto.

Mais Lidas