Disque-Denúncia

Recompensa de até R$ 2 mil por foragido da Operação Hipócrates

Ana Maria Santiago de Miranda
Ana Maria Santiago de Miranda
Publicado em 17/11/2015 às 8:01
NOTÍCIA
Leitura:

Homem é suspeito de integrar quadrilha que atuava em hospital
Foto: Divulgação/DD.
O Disque-Denúncia Pernambuco está oferecendo recompensa de até R$ 2 mil para quem tiver informações que contribuam para a localização e prisão de Jamesson Luiz da Silva, conhecido como Janequine.  Ele é suspeito de participar de um esquema de corrupção para venda de cirurgias ortopédicas a pacientes do Hospital Regional do Agreste em Caruaru, no Agreste de Pernambuco.

De acordo com o Disque-Denúncia, Jamesson está foragido desde o dia 11 de novembro, quando a Polícia Civil, por meio da Operação Hipócrates, prendeu oito pessoas em Caruaru, Agrestina, São Caetano, Tacaimbó e Recife. Entre as acusações, estão captação de pacientes na rede pública de saúde para atendimentos na rede privada e retardamento doloso na prestação do serviço para estimular o pagamento indevido de valores pelos pacientes/familiares.

O coordenador do Disque-Denúncia Agreste, Alexandre César, afirma que é importante que a população ajude na captura do suspeito. O grupo é acusado de vender cirurgias para pacientes do Hospital Regional, principalmente, para aqueles que mais sofriam. Muitas vezes as pessoas mais necessitadas de cuidados eram deixadas sem cuidados, para pagar pelo serviço que o hospital oferecia gratuitamente. Jamesson é integrante do grupo e, como os outros, precisa pagar pelos crimes que cometeu, explica.

Quem tiver informações sobre o caso pode telefonar para (81) 3719-4545, no interior do Estado ou 3421-9595, na Região Metropolitana do Recife e Zona da Mata Norte. Também é possível repassar informações através do site da central www.disquedenunciape.com.br, que permite o envio de fotos e vídeos. O serviço funciona durante 24h, todos os dias da semana. O anonimato é garantido.

Mais Lidas