Crise econômica

Acic propõe congelamento do IPTU 2016 em Caruaru, no Agreste

Núcleo SJCC/Caruaru
Núcleo SJCC/Caruaru
Publicado em 18/11/2015 às 10:16
NOTÍCIA
Leitura:

A Associação Comercial e Empresarial de Caruaru (Acic) encaminhou ofício com proposta de congelamento do Imposto sobre a Propriedade Predial e Territorial Urbano (IPTU) para a Prefeitura de Caruaru, no Agreste de Pernambuco. A sugestão da Acic é estagnar o tributo para o exercício de 2016 de acordo com os valores de referência praticados em 2015 para imóveis de uso comercial e empresarial, desconsiderando a inflação acumulada.

Em reunião de diretoria, o presidente da entidade, Osíris Lins Caldas, assinou o documento que foi entregue ao governo municipal. Deste modo, a associação pretende incentivar a aproximação do poder público e da classe empresarial com o propósito de minimizar os efeitos da crise. O texto foi aprovado por unanimidade pelos membros da diretoria presentes.

A Acic utilizou entre seus argumentos a atualização do valor venal dos imóveis e a revisão da Planta Genérica de Valores (PGV) que encarecem o imposto e resultam em imprevisibilidade para o planejamento financeiro das empresas. Além disso, o objetivo é também o de manter os níveis de adimplência, considerando que o contribuinte-empresário estará ciente do comprometimento financeiro com o IPTU e não irá prejudicar o orçamento corporativo com possíveis ajustes no valor do próximo ano.

A medida foi tomada com a finalidade de defender as reivindicações dos associados, sabendo dos impactos já causados pelo período e da provável recuperação lenta da economia brasileira. A Associação está confiante na sensibilidade do poder público, que demonstra constante preocupação com o desenvolvimento de Caruaru.

 

Mais Lidas