Crise hídrica

Obra de R$ 40 milhões deve garantir abastecimento de água em Surubim

Ana Maria Santiago de Miranda
Ana Maria Santiago de Miranda
Publicado em 25/11/2015 às 11:02
NOTÍCIA
Leitura:

Obra está orçada em R$ 40 milhões e deve durar 12 meses
Foto: Divulgação.
O governo de Pernambuco autorizou a realização de uma obra para melhorar o abastecimento no Agreste Setentrional. A obra, orçada em R$ 40 milhões, consiste na implantação de uma adutora interligando o Sistema Siriji, localizada em Vicência, na Mata Norte, ao Sistema Palmerinha, situado em Bom Jardim. A interligação deverá beneficiar diretamente 12 municípios da região.

A obra irá permitir o reforço do abastecimento de água a partir da Barragem de Palmerinha, também conhecida como Pedra Fina, responsável pelo atendimento das cidades de Bom Jardim, João Alfredo e Orobó, além de reativar o ramal que anteriormente abastecia a cidade de Surubim. O projeto irá garantir a segurança hídrica dessas três cidades, além de evitar o colapso do abastecimento de Surubim e região.

Segundo o presidente da Compesa, Roberto Tavares, a obra deve ser executada no prazo de 12 meses. Com a obra de interligação dos Sistemas Siriji a Palmerinha, a Compesa irá captar 150 litros de água por segundo, em 37 km de adutoras de 500mm de diâmetro. Com este volume e a reativação do antigo ramal de Surubim, a Compesa pretende ampliar o atendimento deste projeto para outras cidades atendidas pelo Sistema Jucazinho, a exemplo dos municípios de Casinhas e Santa Maria do Cambucá, Vertentes e Vertente do Lério.  

Mais Lidas