Agreste

PF faz buscas em empresas suspeitas de adulterar leite com soda cáustica

Ana Maria Santiago de Miranda
Ana Maria Santiago de Miranda
Publicado em 04/12/2015 às 8:10
NOTÍCIA
Leitura:

"Operação Longa Vida" investiga empresas suspeitas de adultera o leite vendido
Foto: Agência Brasil
A Polícia Federal realizou na manhã desta sexta-feira (4) uma operação em empresas suspeitas de adulterar leite em quatro cidades do Agreste de Pernambuco. A ação, denominada Operação Longa Vida, faz buscas em Pedra, Belo Jardim, Bom Conselho e São Bento do Una.

A polícia informou que durante a investigação foi constatado que os produtos teriam água em excesso e estariam contaminados com água oxigenada, urina, sacarose, bactéria causadora da meningite, ácido lático, soda cáustica e álcool etílico. Outros produtos fabricados pelas empresas podem ter sido contaminados.

A Justiça Federal em Garanhuns/PE, onde o inquérito tramita, não autorizou a divulgação dos nomes das empresas investigadas. Durante a investigação policiais federais promoveram análise do leite cru, produzido na bacia leiteira e não se constatou nenhuma irregularidade, servindo como referência para análise dos leites que estavam nos supermercados, postos à venda ao consumidor, detectados com alto teor de acidez, demonstrando ser impróprio para consumo.

A PF realizará uma entrevista coletiva para explicar como funcionava a adulteração, no Recife.

Mais Lidas