Caruaru

Dois médicos suspeitos de extorquir pacientes no HRA são absolvidos

Ana Maria Santiago de Miranda
Ana Maria Santiago de Miranda
Publicado em 22/12/2015 às 8:00
NOTÍCIA
Leitura:

Grupo é suspeito de extorquir pacientes no HRA
Foto: Reprodução.
Uma decisão da 4ª Vara Criminal da Comarca de Caruaru absolveu sumariamente dois médicos investigados na Operação Hipócrates, da Polícia Civil. A decisão da juíza Orleide Rosélia Nascimento Silva indica que não há provas que incriminem os médicos Ricardo Marinho e Bartolomeu Mota, que estava preso. Após a decisão, os dois deixam de fazer parte do inquérito.

A juíza determinou ainda que os demais réus da operação, que estão presos de forma cautelar, passem para prisão domiciliar com uso de tornozeleira eletrônica. Os réus devem deixar a Penitenciária Juiz Plácido de Souza com o equipamento. A Polícia Civil deverá fazer um mapa delimitando as áreas que os réus poderão circular.

O grupo é acusado de extorquir dinheiro de pacientes do Hospital Regional do Agreste (HRA). Eles foram denunciados por corrupção passiva, prevaricação, tráfico de influência e lesão corporal, já que alguns pacientes apresentaram piora após a realização de procedimentos médicos. O grupo pode ter extorquido até R$ 5 milhões os pacientes e familiares.

Mais Lidas