Infarto fulminante

Idosa morre após discussão com funcionário da Compesa em Bezerros

Ana Maria Santiago de Miranda
Ana Maria Santiago de Miranda
Publicado em 14/01/2016 às 8:42
NOTÍCIA
Leitura:

Laudo aponta que idosa teve um infarto fulminante
Foto: Laiana Alves/Arquivo pessoal.
A Polícia Civil está investigando a morte de uma idosa nessa quarta-feira (13) em Bezerros, no Agreste de Pernambuco. De acordo com a polícia, Josefa Maria Nunes, de 83 anos, teria morrido após uma discussão com um funcionário da Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) por causa de uma suposta ligação clandestina de água.

Idosa passou mal após discussão
Foto: Foto: Laiana Alves/Arquivo pessoal.
A polícia informou que familiares da vítima contaram em depoimento que o funcionário da Compesa teria abordado a idosa questionando-a se havia ligação de água na casa. A idosa informou que há mais de 10 anos não recebia água da Compesa. O funcionário teria entrado na casa da vítima, sem autorização, e verificado que uma das torneiras tinha água.

A idosa discutiu com o funcionário, passou e caiu no chão. O funcionário não prestou socorro. Josefa Maria ainda foi socorrida por parentes para uma unidade de saúde, mas não resistiu. O laudo da morte indica que ela morreu após um infarto fulminante. A Compesa informou que está apurando o caso. O funcionário foi ouvido pela polícia.

Mais Lidas