Economia

Começa nesta quarta a 21ª Rodada de Negócios da Moda Pernambucana, em Caruaru

Ana Maria Santiago de Miranda
Ana Maria Santiago de Miranda
Publicado em 23/02/2016 às 12:06
NOTÍCIA
Leitura:

Podem comprar na Rodada de Negócios da Moda lojistas de confecção ou calçados
Foto: divulgação
O Polo de Confecções do Agreste vai ficar mais movimentado esta semana, com o início da 21ª Rodada de Negócios da Moda Pernambucana, nesta quarta-feira (24), no bloco laranja do Polo Caruaru, às margens da BR-104. O evento é o maior do setor no Nordeste e segue até sexta-feira (26).

Cerca de 3.200 peças de moda feminina, bebê/infantil, jeans, streetwear/surfwear, praia e íntima serão expostas no local. Além de roupas, empresas de calçados e acessórios da Paraíba e do Ceará também confirmaram presença. A organização da 21ª Rodada de Negócios espera 1,2 mil visitas por dia no evento, entre autoridades, compradores e visitantes espontâneos.

Participam da edição deste ano 120 expositores, com a expectativa de gerar uma renda de R$ 15 milhões, um aumento de 5% em relação à Rodada anterior. Desde a primeira edição, o evento contabiliza R$ 230 milhões em negócios concretizados.

Para comprar, é necessário ser lojista de confecção ou calçados e entrar em contato com a Associação Comercial e Empresarial de Caruaru (Acic) ou a J&B Consultores antes do início do evento, preencher um termo de adesão para ser analisado e cadastrado. A comunicação pode ser feita através dos telefones (81) 3721-2725 e (81) 3231-1033 ou pelo e-mail jbconsultores@jbconsultores.com.br.

O lojista que não se cadastrou com antecedência também pode comprar: para isto, deve ir ao setor de credenciamento e apresentar uma cópia do cartão de CNPJ. Caso a documentação esteja correta e de acordo com os critérios, o empresário será cadastrado como "comprador espontâneo" e receberá uma credencial para acessar a Rodada.

As empresas expositoras que participam do evento poderão aderir ao Projeto Blitz, que começou na edição anterior da rodada. Participando dele, as empresas passarão a receber consultoria gratuita com foco no setor de produção, para aumentar a qualidade e a competitividade do mercado. O projeto é coordenado pelo Sindicato de Vestuário de Pernambuco (Sindivest-PE) com o apoio da Acic e do Sebrae.

Mais Lidas