Polícia

Agentes denunciam entrada de drogas e armas na Funase de Caruaru

Ana Maria Santiago de Miranda
Ana Maria Santiago de Miranda
Publicado em 26/02/2016 às 15:09
NOTÍCIA
Leitura:

Há dez meses uma rebelião deixou dois mortos na Fundação de Atendimento Socioeducativo (Funase) em Caruaru. Além dos homicídios registrados ali, os reeducandos danificaram a estrutura. Funcionários e agentes socioeducativos procuraram nossa produção para denunciar também que a entrada de drogas e armas é comum na unidade e que também há indícios de uma nova rebelião. Veja a reportagem exibida pelo TV Jornal Meio-Dia da TV Jornal no interior.

Mais Lidas