Polícia Civil

Quatro são presos suspeitos de matar pedreiro no Sertão

Ana Maria Santiago de Miranda
Ana Maria Santiago de Miranda
Publicado em 17/03/2016 às 8:39
NOTÍCIA
Leitura:

Quatro pessoas foram presas nessa quarta-feira (16) suspeitas de participar da morte de um pedreiro em Salgueiro, no Sertão de Pernambuco. A ação foi resultado de operação conjunta das polícias civis de Salgueiro e Cabrobó.

De acordo com a Polícia Militar, a vítima, Joelson Bezerra da Silva, 40 anos, estava desaparecida desde terça-feira (15), quando teria ido ao loteamento Monte Alegre para demarcar um terreno. 

A família teria estranhado o sumiço do pedreiro e ido procurá-lo. Chegando ao loteamento, encontrou o corpo com sinais de agressão a pauladas no meio do terreno e coberto de entulhos.

As investigações da Polícia Civil, que assumiu o caso, apontaram que Joelson mantinha um relacionamento com uma mulher casada. Esta mulher, Maria Inês da Silva, 36 anos, foi presa suspeita de ser mandante do crime. O marido dela, o comerciante Luiz Gonçalves da Silva, 57, teria descoberto o caso e ambos decidiram matá-lo. 

Para isto, o casal contratou Gregório Porfírio Neto, 52, e Cícero Batista de Brito, 34, ainda segundo a polícia. A dupla teria recebido o valor de R$ 1.500 pela excecução.

Maria Inês e Luiz Gonçalves foram presos em Salgueiro e teriam confessado o crime. Os executores, Gregório Porfírio e Cícero Batista, foram encontrados em Cabrobó. Todos foram autuados em flagrante. A mulher foi encaminhada para a Colônia Penal Feminina de Verdejante. Já os homens, para o Presídio de Salgueiro.

Mais Lidas