Clima

Chuvas fortes causam transtornos em São José do Egito, no Sertão

Ana Maria Santiago de Miranda
Ana Maria Santiago de Miranda
Publicado em 30/03/2016 às 10:11
NOTÍCIA
Leitura:

Chuvas provocaram alagamentos na cidade e fizeram com que açude transbordasse.
Foto: Henrique Brandão/cortesia
O município de São José do Egito, no Sertão do Pajeú, registrou um volume de 137 mm de precipitação nas últimas 24 horas, das 6h de terça até 6h desta quarta-feira (30). Só neste período, choveu 87% do esperado para o mês inteiro na cidade, de acordo com o meteorologista da Agência Pernambucana de Águas e Clima (Apac) Roberto Pereira.

"A previsão é de que continue chovendo, mas com intensidade fraca a moderada", afirma o meteorologista. Deve ocorrer pancadas de chuva isoladas ao longo do dia no Sertão. A temperatura varia entre 35ºC e 20ºC.

Com a chuva forte durante a noite de terça, alguns problemas foram registrados na região, de acordo com o prefeito de São José do Egito, Romério Augusto Guimarães.

Uma casa caiu, o muro de um clube da cidade também cedeu, um poste foi arrancado pela ventania e o pontilhão do canal foi arrastado no bairro Ipiranga. Não há informações sobre vítimas.

Apesar dos transtornos, o prefeito comemora as chuvas. "Foi uma das maiores dos últimos anos", afirma. De acordo com Guimarães, a precipitação vai beneficiar as famílias da região, principalmente as da zona rural, que atualmente dependem de caminhões-pipa.



Também choveu muito em Serra Talhada, ainda segundo a Apac. Foram 116,8 mm nas últimas 24 horas. Outras informações sobre as chuvas na região com o repórter Anchieta Santos, da Rádio Jornal.


A Coordenadoria de Defesa Civil do Estado informou que não recebeu ocorrências nos municípios nas últimas horas.

O NE10 Interior entrou em contato com a Compesa para saber o impacto que as chuvas tiveram nas barragens da região, mas até a publicação desta matéria não obteve retorno.

Mais Lidas