Violência

Enquanto a RMR anda na mira do crime, Gravatá não registra homicídios em 60 dias

Ana Maria Santiago de Miranda
Ana Maria Santiago de Miranda
Publicado em 08/06/2016 às 19:52
NOTÍCIA
Leitura:

De acordo com a prefeitura, nenhum homicídio foi registrado em Gravatá nos últimos meses
Foto: Fernando da Hora/ JC Imagem
Enquanto o Grande Recife é sufocado pelo alto índice de homicídios, o município de Gravatá, no Agreste do Estado, respira aliviado em relação aos números. Felizmente, a cidade ainda não contabilizou nenhum registro de morte violenta nos últimos 60 dias, de acordo a prefeitura. Só para ter uma ideia, apenas o Recife somou 47 homicídios em abril deste ano.

A retração, segundo a Polícia Militar (PM), é reflexo do trabalho intensivo dos oficiais no combate à violência na cidade. Por dia, a PM trabalha com ações de combate às drogas, apreensão de armas de fogo e violência em geral.

PATRULHA MIRIM - Uma ação municipal trabalha com crianças entre 8 e 12 anos de idade com o objetivo de evitar que a garotada tenham acesso às drogas. Mais de 250 crianças já estão cadastradas no projeto, que conta com atividades como aulas de cidadania, comportamento no trânsito, educação física, capoeira, karatê, judô, entre outros.

 

Mais Lidas