Agreste

Polícia consegue controlar rebelião na Penitenciária de Caruaru

Ana Maria Santiago de Miranda
Ana Maria Santiago de Miranda
Publicado em 25/07/2016 às 10:40
NOTÍCIA
Leitura:

Detentos foram levados para um pavilhão, onde serão revistados
Foto: Internauta/Cortesia
Após uma rebelião que deixou seis mortos e onze feridos no último sábado (23) na Penitenciária Juiz Plácido de Souza, em Caruaru, no Agreste de Pernambuco, um novo tumulto foi registrado na manhã desta segunda-feira (25). A Polícia Militar conseguiu controlar o motim, que deixou nove detentos feridos. 

A superlotação é um dos graves problemas da penitenciária de Caruaru. Com capacidade para 380 presos, tem 1.992 detentos, cinco vezes mais que o permitido. 

A informação foi confirmada pelo tenente-coronel Roberto Galindo, comandante do 4º Batalhão de Polícia Militar. Segundo o comandante, os detentos que estavam liderando a nova rebelião foram separados dos demais e serão ouvidos na delegacia. Os presos foram direcionados para um pavilhão da unidade e passarão por uma revista.

Primeira rebelião A Secretaria Executiva de Ressocialização (Seres) confirmou a morte de seis detentos durante um tumulto no último sábado (23). A secretaria informou ainda que 15 detentos ficaram feridos e oito permanecem internados. A Seres comunicou ainda que 11 detentos foram transferidos para outras unidades prisionais da região. 

Mais Lidas