Violência

Médica cubana é estuprada dentro de posto de saúde em Capoeiras

Ana Maria Santiago de Miranda
Ana Maria Santiago de Miranda
Publicado em 03/08/2016 às 10:30
NOTÍCIA
Leitura:

Médica estuprada em Capoeiras é do Programa Mais Médicos, do Governo Federal
Foto: divulgação/Mais Médicos
A Polícia Civil investiga um caso de estupro a uma médica cubana, do programa Mais Médicos, do Governo Federal, no município de Capoeiras, no Agreste de Pernambuco. O nome e a idade dela não foram divulgados.

O caso teria acontecido na última segunda-feira (1º), por volta das 13h, dentro da Unidade de Saúde Municipal Gildo Marques. 

De acordo com a Delegacia de Capoeiras, um homem armado com uma faca entrou no local e roubou o smartphone da médica. Em seguida, a teria estuprado.

O município de Capoeiras fica a 237 km do Recife
Foto: divulgação
Ainda segundo a polícia, o celular da técnica de enfermagem que auxilia a cubana também foi levado. A médica teria sido trancada dentro do consultório enquanto o suspeito praticava o abuso sexual.

A prefeita do município, Neide Reino, informou que está prestando assistência à médica. O boletim de ocorrência foi inicialmente registrado em Garanhuns, porque a delegacia local estava fechada.

O delegado responsável pelo caso é José Flávio Pessoa, seccional de Garanhuns. A polícia afirmou que ouvidas já foram feitas e provas foram coletadas. O delegado também solicitou as perícias necessárias para tentar identificar e prender o suspeito.

A reportagem do NE10 Interior entrou em contato com a assessoria de imprensa do Ministério da Saúde e aguarda um posicionamento da pasta sobre o caso.


Mais Lidas