Mais Médicos

Governo promete se esforçar para elucidar caso de médica cubana estuprada em Capoeiras

Ana Maria Santiago de Miranda
Ana Maria Santiago de Miranda
Publicado em 10/08/2016 às 19:11
NOTÍCIA
Leitura:

Segundo o executivo, medidas serão tomadas para identificar e punir os responsáveis pelo crime
Foto: Reprodução
Depois que uma médica cubana, que atuava no 'Mais Médicos', programa do governo federal, foi estuprada no município de Capoeiras, no Agreste de Pernambuco, o Governo do Estado informou que atitudes serão tomadas para identificar e punir os responsáveis pelo abuso sexual.

Ainda segundo o governo, a Polícia Civil já trabalha na investigação para identificar os criminosos. "Vamos trabalhar incansavelmente para que os responsáveis por esse crime bárbaro sejam punidos. E o Estado fará o que for necessário", frisou o governador Paulo Câmara.

A prefeita do município veio à Capital pernambucana empenhada para elucidar o abuso. "Vim aqui para fazer um apelo e saio muito convicta de que, em pouco tempo, veremos os responsáveis pagando por esse crime tão bárbaro", acredita.

VEJA REPORTAGEM DA TV JORNAL CARUARU:

Entenda o caso do abuso sexual

O episódio ocorreu na tarde da última segunda-feira (1º), na área interna da Unidade de Saúde Municipal Gildo Marques. Segundo a polícia, um homem armado com uma faca entrou no local e roubou o celular da médica. Logo em seguida, o suspeito teria estuprado a profissional dentro do consultório. Na ocasião, o aparelho telefônico da técnica de enfermagem também foi roubado.

Após o episódio, o Ministério de Saúde informou na quarta-feira (3) que ela manifestou interesse em sair da cidade. O Ministério da Saúde também disse que os trâmites administrativos para a substituição dos profissionais pela Organização Pan-Americana da Saúde (Opas), também já começaram. 

Após o acontecimento, a médica registrou Boletim de Ocorrência e teve assistência no SUS dentro do protocolo de Prevenção e Tratamento dos Agravos resultantes da violência sexual contra as mulheres: profilaxia e testes rápidos para a triagem e/ou o diagnóstico de HIV e hepatites.

Mais Lidas