Polícias

Casal é preso com 59,2 quilos de maconha em Gravatá

Ana Maria Santiago de Miranda
Ana Maria Santiago de Miranda
Publicado em 22/08/2016 às 7:58
NOTÍCIA
Leitura:

Peso bruto dos 58 tabletes totalizou 59,2 quilos de maconha
Foto: divulgação/Polícia Federal
Um casal foi preso na noite desse domingo (21) suspeito de tráfico de drogas em Gravatá, no Agreste de Pernambuco. O padeiro Inácio Antônio da Silva Júnior, 36 anos, e a comerciante Edileide Azevedo da Silva, 31, estavam com 59,2 quilos de maconha, de acordo com a Polícia Federal.

A PF disse que os dois foram pegos após policiais militares da Rocam suspeitarem do comportamento do casal. Os suspeitos chegaram de carro a um restaurante às margens da estrada em Gravatá e ao descer do veículo se dirigiram para outro carro que estava parado no estabelecimento. 

Quando a PM fez a abordagem, o casal negou estar transportando armas ou drogas. Porém, após busca no veículo, a polícia encontrou 58 tabletes de maconha num fundo falso da carroceria do primeiro carro. O peso totalizou 59,2 quilos. A droga foi apreendida, assim como os dois veícullos (um Fiat Strada e um Golf) e dois celulares.

PF e PM também apreenderam dois celulares
Foto: divulgação/Polícia Federal
Inácio Antônio e Edileide foram levados à Polícia Federal, onde foram autuados por tráfico de drogas e associação criminosa. Caso sejam condenados, eles podem pegar penas que variam de cinco a 15 anos de reclusão. Eles passarão por audiência de custódia e em seguida ficarão à disposição da Justiça de Gravatá.

Segundo a PF, os dois disseram que o entorpecente seria entregue em Jaboatão dos Guararapes, mas não deram mais detalhes sobre o tráfico. A polícia informou que a maconha é oriunda do Paraguai, pela forma de apresentação.

Mais Lidas